https://developers.facebook.com/docs/sharing/domain-verification/verifying-your-domain#meta-tags
 

Guia do Líder

Motivações erradas levam a atitudes erradas


Por que jejuamos nós e tu não atentas para isso?...

Você conhece a palavra barganhar? É o mesmo que trocar ou negociar. Você não teve a impressão que eles jejuavam por querer algo em troca? O texto de Isaías 58 afirma que eles buscavam a Deus, estavam desejosos de conhecer seus caminhos, mas Deus não respondia. Qual era a razão? O jejum que eles ofereciam a Deus tinha uma motivação toda errada.

Algo que todo crente deveria fazer, desde o início de sua caminhada com Cristo, é verificar as motivações de suas ações ou atitudes. Muitas vezes, escondido atrás de uma consagração a Deus, está o desejo de ser visto e de receber aplauso dos homens. Constantemente, buscase ao Senhor não pelo o que ele é e sim por aquilo que ele pode dar.

A maior crítica que Jesus fez aos religiosos de sua época foi a sua hipocrisia. A palavra hipocrisia, hupokrites no grego, significa fingimento, falsidade e era o nome que se dava às pessoas que trabalhavam no teatro e geralmente usavam máscaras. Jesus, no sermão da montanha, falou que os religiosos oravam e jejuavam com o intuito de serem vistos pelos homens, Mateus 6.4-18.

Certa vez, Davi decidiu levantar o censo em Israel, 1 Cr 21.1-7, para contar os seus exércitos. A atitude de Davi desagradou a Deus e Israel foi ferido por causa disto. O que Davi fez de errado? Foi algo tão simples; apenas contar pessoas. O problema foi a motivação. Davi fez isto por soberba, porque queria exaltação pelas suas conquistas. Ele se esqueceu de que foi Deus que lhe deu as vitórias.

Qual tem sido a sua motivação ao buscar ou servir ao Senhor? Aproveite este tempo para orar a Deus e pedir que ele sonde o seu coração e revele as suas motivações.

Leitura do Dia